Problema da Semana – 26

novembro 10 (segunda-feira), 2008

Um jogo de xadrez não é um teste de conhecimento, é uma batalha de nervos.” – David Bronstein

Toda segunda feira publicamos uma composição para ser comentada e resolvida pelos leitores. Na segunda feira seguinte publicamos a sua solução e uma nova composição.

As composições são selecionadas entre os formatos usados nos campeonatos mundiais de solução: mates em 2, mates em 3, mates em mais de 3 movimentos, inversos, ajudados e estudos. Em boa parte dos casos selecionamos composições utilizadas em competições oficiais.

Para esta semana selecionamos um mate direto em 2 movimentos que foi utilizado no segundo Campeonato Mundial de Soluções, em Cantebury, Grã-Bretanha, 1978.

O mundial de Cantebury foi vencido por Pauli Perkonoja, da Finlandia, com 42 pontos de um máximo de 51. O segundo colocado foi o GM Britânico John Nunn, com 40 pontos e o terceiro foi o atual presidente da PCCC Uri Avner, de Israel, com 36 pontos.

Direto em 2

Problema da Semana 26 - Mate em 2

Problema da Semana 26 - Mate em 2

Nos campeonatos mundais a seção de diretos em 2 é formada por 3 composições que devem ser resolvidas em 20 minutos.

Para a solução de mates diretos em dois é suficiente indicar a chave que resolve o problema. Soluções múltiplas, equivocadas e em branco valem 0 pontos, a solução correta vale 5 pontos. Não é necessário indicar a ameaça, se houver, nem a defesa das pretas.

Boa sorte!

Abaixo listamos a solução do problema da semana passada. Os números entre parênteses indicam a pontuação recebida por cada movimento encontrado e anotado pelo solucionista naquela competição.

Problema da Semana – 25
Direto em 2

Solução:
1.
Cd2!
[5]


Problema da Semana – 25

novembro 03 (segunda-feira), 2008

Eu tinha quatorze anos quando percebi que o xadrez seria a minha vida.” – Garry Kasparov

Toda segunda feira publicamos uma composição para ser comentada e resolvida pelos leitores. Na segunda feira seguinte publicamos a sua solução e uma nova composição.

As composições são selecionadas entre os formatos usados nos campeonatos mundiais de solução: mates em 2, mates em 3, mates em mais de 3 movimentos, inversos, ajudados e estudos. Em boa parte dos casos selecionamos composições utilizadas em competições oficiais.

Para esta semana selecionamos um mate direto em 2 movimentos que foi utilizado no segundo Campeonato Mundial de Soluções, em Cantebury, Grã-Bretanha, 1978.

O mundial de Cantebury foi vencido por Pauli Perkonoja, da Finlandia, com 42 pontos de um máximo de 51. O segundo colocado foi o GM Britânico John Nunn, com 40 pontos e o terceiro foi o atual presidente da PCCC Uri Avner, de Israel, com 36 pontos.

Direto em 2

Problema da Semana 25 - Mate em 2

Problema da Semana 25 - Mate em 2

Nos campeonatos mundais a seção de diretos em 2 é formada por 3 composições que devem ser resolvidas em 20 minutos.

Para a solução de mates diretos em dois é suficiente indicar a chave que resolve o problema. Soluções múltiplas, equivocadas e em branco valem 0 pontos, a solução correta vale 5 pontos. Não é necessário indicar a ameaça, se houver, nem a defesa das pretas.

Boa sorte!

Abaixo listamos a solução do problema da semana passada. Os números entre parênteses indicam a pontuação recebida por cada movimento encontrado e anotado pelo solucionista naquela competição.

Problema da Semana – 24
Inverso em 5

Solução:
1.
Rb2!
[zz 1,0]
1. … f5 2. Rc1 f4 3. Rd1 f3 4. Td1 f2 5. Dc3+
[4,0]


Problema da Semana – 24

outubro 27 (segunda-feira), 2008

O xadrez é a arte da batalha na vitoriosa batalha da arte.” – Savielly Tartakower

Toda segunda feira publicamos uma composição para ser comentada e resolvida pelos leitores. Na segunda feira seguinte publicamos a sua solução e uma nova composição.

As composições são selecionadas entre os formatos usados nos campeonatos mundiais de solução: mates em 2, mates em 3, mates em mais de 3 movimentos, inversos, ajudados e estudos. Em boa parte dos casos selecionamos composições utilizadas em competições oficiais.

Para esta semana selecionamos um mate ajudado em 4 movimentos que foi utilizado no primeiro Campeonato Mundial de Soluções, em Malinska (na época Iugoslávia), 1977.

O mundial de Malinska foi vencido por Pauli Perkonoja, da Finlandia, com 55 pontos de um máximo de 61. Segundo e terceiro colocados foram Roland Baier da Suíça, com 49 pontos e Yakov Vladimirov, da então União Soviética, com 48 pontos.

Inverso em 5

Problema da Semana 24 - Inverson em 5

Problema da Semana 24 - Inverso em 5

Nos campeonatos mundais a seção de inversos é formada por 3 composições que devem ser resolvidas em 50 minutos.

Para a solução de mates inversos é necessário indicar a chave, a ameaça, se existir, e todas as variantes que defendem a ameaça até o último movimento das brancas antes do mate das pretas.

Se não existe ameaça então o solucionista deve indicar todas as variantes de comprimento máximo até o último movimento das brancas antes do mate das pretas. Variantes de comprimento máximo são aquelas em que o mate ocorre no número de movimentos estipulado no enunciado do problema.

A pontuação máxima por composição é de 5 pontos mas soluções parciais recebem frações deste valor.

Boa sorte!

Abaixo listamos a solução do problema da semana passada. Os números entre parênteses indicam a pontuação recebida por cada movimento encontrado e anotado pelo solucionista naquela competição.

Problema da Semana – 23
Ajudado em 4

Solução:
1.
De4+ Rd7 2. Cf5 Cc7 3. Ce3 Rd6 4. Rd4 Cb5#
[5]


A solução de problemas

outubro 25 (sábado), 2008

John Nunn é o melhor solucionista que já vi.” – Pal Benko

Pretendo escrever um artigo ensinando como resolver uma composição de xadrez. Abaixo vocês devem indicar que tipo de composição eu devo ensinar a resolver. OBS: É possível escolher mais de uma opção!


Ao fim da votação escreverei um artigo mostrando como resolver o tipo de composição que ganhou mais votos. Mãos à obra!

Adendo: Hoje, dia 2 de novembro, a “disputa” está claramente entre mates em 3 lances e estudos, com 16 e 18 votos respectivamente, com um quase “empate técnico”. Vou deixar a pesquisa por mais uma semana apenas para ver se há um “vencedor” claro e depois fecho a votação. Agradeço a todos que participaram até agora.


Problema da Semana – 23

outubro 20 (segunda-feira), 2008

É praticamente certo que o jogo de xadrez seja teoricamente empatado.” – Fischer

Toda segunda feira publicamos uma composição para ser comentada e resolvida pelos leitores. Na segunda feira seguinte publicamos a sua solução e uma nova composição.

As composições são selecionadas entre os formatos usados nos campeonatos mundiais de solução: mates em 2, mates em 3, mates em mais de 3 movimentos, inversos, ajudados e estudos. Em boa parte dos casos selecionamos composições utilizadas em competições oficiais.

Para esta semana selecionamos um mate ajudado em 4 movimentos que foi utilizado no primeiro Campeonato Mundial de Soluções, em Malinska (na época Iugoslávia), 1977.

Ajudado em 4

Problema da Semana 23 - Ajudado em 4

Problema da Semana 23 - Ajudado em 4

Nos campeonatos mundais a seção de ajudados é formada por 3 composições que devem ser resolvidas em 50 minutos.

Para a solução de mates ajudados é necessário indicar todas as soluções, quando houver mais de uma ou quando houver gêmeos, de forma completa, até o mate das brancas. Soluções parciais ou parcialmente corretas não contam pontos

A pontuação máxima por composição é de 5 pontos por mas quando houver mais de uma solução cada uma delas vale uma fração deste valor.

Boa sorte!

Abaixo listamos a solução do problema da semana passada. Os números entre parênteses indicam a pontuação recebida por cada movimento encontrado e anotado pelo solucionista naquela competição.

Problema da Semana – 22
Mate em 5

Solução:
1.
… Tb6  [1] (2. Db1, 3 Th6, 4. T:h2+) [1]

1. … B:f2 2. Tb1+ Bg1 3. Dh4 ~ 4. T:g1 [2]
1. … f6(f5) 2. Db1 ~ 3. Th6 ~ 4. T:h2+ [1]


Problema da Semana – 22

outubro 13 (segunda-feira), 2008

Infelizmente o jogo de xadrez começa com uma abertura e termina com um final. Por mim seria ao contrário. – Pal Benko

Toda segunda feira publicamos uma composição para ser comentada e resolvida pelos leitores. Na segunda feira seguinte publicamos a sua solução e uma nova composição.

As composições são selecionadas entre os formatos usados nos campeonatos mundiais de solução: mates em 2, mates em 3, mates em mais de 3 movimentos, inversos, ajudados e estudos. Em boa parte dos casos selecionamos composições utilizadas em competições oficiais.

Para esta semana selecionamos um mate direto em 5 movimentos que foi utilizado no primeiro Campeonato Mundial de Soluções, em Malinska (na época Iugoslávia), 1977.

Mate em 5

Problema da Semana 22 - Mate em 5

Problema da Semana 22 - Mate em 5

Nos campeonatos mundais a seção de diretos em mais de 3 lances é formada por 3 problemas que devem ser resolvidos em 80 minutos.

Para a solução de mates diretos em mais de 3 movimentos em competições oficiais é necessário indicar todos os lances e variantes até o último movimento das brancas antes do mate. A anotação se inicia com a chave, a ameaça ou indicação de zugzwang (que vale pontos!), todas as defesas pretas e as respostas das brancas para estas defesas. Defesas das pretas que levam mate em menos movimentos que o estipulado não precisam ser anotadas.

A pontuação máxima é de 5 pontos mas soluções parciais recebem uma fração destes valor.

Boa sorte!

Abaixo listamos a solução do problema da semana passada. Os números entre parênteses indicam a pontuação recebida por cada movimento encontrado e anotado pelo solucionista naquela competição.

Problema da Semana – 21
Mate em 4

Solução:
1.
Bh7! (2. Da4(a5)+ Rb2 3. Da3#)
[1]
1. … Rb2 2. De2+ Ra1 3. Dd1+ [1]
1. … T:h7 2. De2+ Rb1(a1) 3. Rb3 [1,5]
1. … Tb6 2. D:b6 Rb2 3. Dg6 [1,5]


Problema da Semana – 21

outubro 06 (segunda-feira), 2008

O xadrez é um teste de vontades. – Paul Keres

Toda segunda feira publicamos uma composição para ser comentada e resolvida pelos leitores. Na segunda feira seguinte publicamos a sua solução e uma nova composição.

As composições são selecionadas entre os formatos usados nos campeonatos mundiais de solução: mates em 2, mates em 3, mates em mais de 3 movimentos, inversos, ajudados e estudos. Em boa parte dos casos selecionamos composições utilizadas em competições oficiais.

Para esta semana selecionamos um mate direto em 4 movimentos que foi utilizado no primeiro Campeonato Mundial de Soluções, em Malinska (na época Iugoslávia), 1977.

Mate em 4

Problema da Semana 21 - Mate em 4

Problema da Semana 21 - Mate em 4

Nos campeonatos mundais a seção de diretos em mais de 3 lances é formada por 3 problemas que devem ser resolvidos em 80 minutos.

Para a solução de mates diretos em mais de 3 movimentos em competições oficiais é necessário indicar todos os lances e variantes até o último movimento das brancas antes do mate. A anotação se inicia com a chave, a ameaça ou indicação de zugzwang (que vale pontos!), todas as defesas pretas e as respostas das brancas para estas defesas. Defesas das pretas que levam mate em menos movimentos que o estipulado não precisam ser anotadas.

A pontuação máxima é de 5 pontos mas soluções parciais recebem uma fração destes valor.

Boa sorte!

Abaixo listamos a solução do problema da semana passada. Os números entre parênteses indicam a pontuação recebida por cada movimento encontrado e anotado pelo solucionista naquela competição.

Problema da Semana – 20
Mate em 3

Inverso em 2Solução:
1.
C:h5! (2. C:f4+)
[2,5]
1. … T:h5 2. Db2! [2,5]


Problema da Semana – 20

setembro 29 (segunda-feira), 2008

O poder defensivo de uma peça pregada é apenas imaginário.” – Aaron Nimzovich

Toda segunda feira publicamos uma composição para ser comentada e resolvida pelos leitores. Na segunda feira seguinte publicamos a sua solução e uma nova composição.

As composições são selecionadas entre os formatos usados nos campeonatos mundiais de solução: mates em 2, mates em 3, mates em mais de 3 movimentos, inversos, ajudados e estudos. Em boa parte dos casos selecionamos composições utilizadas em competições oficiais.

Para esta semana selecionamos um mate direto em 3 movimentos que foi utilizado no primeiro Campeonato Mundial de Soluções, em Malinska (na época Iugoslávia), 1977.

Mate em3

Problema da Semana 20 - Mate em 3

Problema da Semana 20 - Mate em 3

Nos campeonatos mundais a seção de diretos em 3 é formada por 3 problemas que devem ser resolvidos em 60 minutos.

Para a solução de mates diretos em 3 movimentos em competições oficiais é necessário indicar todos os lances e variantes até o último movimento das brancas antes do mate. A anotação se inicia com a chave, a ameaça ou indicação de zugzwang (que vale pontos!), todas as defesas pretas e as respostas das brancas para estas defesas. Defesas das pretas que levam mate em menos movimentos que o estipulado não precisam ser anotadas.

A pontuação máxima é de 5 pontos mas soluções parciais recebem uma fração destes valor.

Boa sorte!

Abaixo listamos a solução do problema da semana passada. Os números entre parênteses indicam a pontuação recebida por cada movimento encontrado e anotado pelo solucionista naquela competição.

Problema da Semana – 19
Mate em 2

Inverso em 2Solução:
1.
Cb:
d4! [5]



Máquina do Tempo

setembro 23 (terça-feira), 2008

A beleza de um lance não está na sua aparência mas sim na idéia por trás dele.“- Siegbert Tarrasch

Ligamos hoje uma singular máquina do tempo que, em um passe de tecnologia e mágica, me fez retornar aos anos 80. Naquela época o Clube de Xadrez Guanabara publicava o seu famoso e sempre esperado Boletim Informativo. Caimos de paraquedas na recém inaugurada seção de estudos daquele boletim. O texto da primeira coluna desta seção do Boletim Informativo do Clube de Xadrez Guanabara tem a marca registrada do seu autor, o compositor Sebastião A. da Silva.

ESTUDOS

Sebastião A. da Silva

Iniciamos nossa primeira série de Estudos Artísticos com um trabalho do famoso “compositor” Emanual Lasker, menos conhecido como campeão do mundo. Outros campeões que fizeram seu passeio pela composição de finais foram Steinitz, Capablanca, Botvinnik e Smyslov. Das obras desses “cobrões” a que mais me agrada é a de Lasker, pela sua simplicidade e elegância.

Contam que Capablanca dizia ter desistido da composição, porque ninguém conseguia resolver o único estudo da sua lavra. Era verdade, porque ele mesmo não resolveu tendo sua solução sido demolida! Felizmente, muito mais tarde, analistas russos conseguiram achar outra solução. Analista fracote, quando se mete a compor, dá nisso.

O número 2 é de outro também “famoso” compositor, que não se interessa por chegar a ser campeão do mundo, porque prefere mesmo é compor.

Atenção para o estudo de Troitski! Parece retirado de um livro de teoria. Resolvê-lo, contudo, não é uma questão de técnica, aplicação de princípios gerais. Contém a excepcionalidade que constitui a essência do estudo artístico.

No número 4 as pretas buscam afogar o próprio rei. Como evitá-lo ?

O quinto pode ser resolvido com um mate ajudado em tres lances. Mas, se as pretas atrapalharem, em vez de ajudarem ?

O sexto é um estudo puramente tático.

1- Emanuel Lasker, Deutsche Wochenschach, 1890, Brancas jogam e ganham

1- Emanuel Lasker, Deutsche Wochenschach, 1890. Brancas jogam e ganham

2- Sebastião A. da Silva, "Ring Tourney", Israel, 1975, Menção

2- Sebastião A. da Silva,Ring Tourney, 1975, Menção. Brancas jogam e empatam

3- A. A. Troitzky, Deutsche Schachzeitung, 1906

3- A. A. Troitzky, Deutsche Schachzeitung, 1906. Brancas jogam e empatam

4- Nadareichvili, Shamatny v SSSR, 1961

4- Nadareichvili, Shamatny v SSSR, 1961. Brancas jogam e ganham

Nadareichvili, Torneio do Clube de Xadrez de Erevan, 1947, 2a. Menção Honrosa. Brancas jogam e ganham

5- Nadareichvili, Torneio do Clube de Xadrez de Erevan, 1947, 2a. Menção Honrosa. Brancas jogam e ganham

B. Badai, Memorial Kubbel, 1967, 1o. Prêmio. Brancas jogam e ganham

6- B. Badai, Memorial Kubbel, 1967, 1o. Prêmio. Brancas jogam e ganham


Problema da Semana – 19

setembro 22 (segunda-feira), 2008

Peões nascem livres, porém sempre aparecem em cadeias.” – Andrew Soltis

Toda segunda feira publicamos uma composição para ser comentada e resolvida pelos leitores. Na segunda feira seguinte publicamos a sua solução e uma nova composição.

As composições são selecionadas entre os formatos usados nos campeonatos mundiais de solução: mates em 2, mates em 3, mates em mais de 3 movimentos, inversos, ajudados e estudos. Em boa parte dos casos selecionamos composições utilizadas em competições oficiais.

Para esta semana selecionamos um mate direto em 2 movimentos que foi utilizado no primeiro Campeonato Mundial de Soluções, em Malinska (na época Iugoslávia), 1977.

Mate em 2

Problema da Semana 19 - Mate em 2

Problema da Semana 19 - Mate em 2

Nos campeonatos mundais a seção de diretos em 2 é formada por 3 problemas que devem ser resolvidos em 20 minutos.

Para a solução de mates diretos em 2 movimentos em competições oficiais é necessário indicar apenas a chave das brancas.

A pontuação é de 5 pontos pela chave correta ou 0 pela chave incorreta, falta de resposta ou resposta múltipla!

Boa sorte!

Abaixo listamos a solução do problema da semana passada. Os números entre parênteses indicam a pontuação recebida por cada movimento encontrado e anotado pelo solucionista naquela competição.

Problema da Semana – 18
Ajudado em 4

Inverso em 2Solução:
1.
e1=T Ba2 2. Ta1 Bb1

3.
Ta4 Ba2 4. Dc4 b:c4#
[5]